CalendárioFAQInícioPortalBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Demora, atrasos e afim.
por Ventus Sex Jun 09, 2017 7:40 pm

» Ficha ~ Yousuke
por Yousuke Ter Jun 06, 2017 10:52 am

» Criação de Jutsus
por Kenway Qui Maio 18, 2017 5:06 pm

» Dúvidas que o vento trouxe '-'
por ADM.Noskire Qua Maio 17, 2017 10:29 am

» Oi pessoas.
por Aldan Qua Maio 17, 2017 8:01 am

» Staff ou falta dela
por ADM.Noskire Ter Maio 16, 2017 7:55 pm

» Casa dos Yagami
por Ventus Dom Maio 14, 2017 9:53 pm

» Dúvida - Por onde começar?
por ADM.Noskire Dom Maio 14, 2017 8:07 pm

» Ficha - Haoru Uchiha
por ADM.Noskire Sab Maio 13, 2017 10:35 pm

» Ficha tetsu
por ADM.Kenji Dom Maio 07, 2017 6:53 pm

Selo Original
População Ninja
Konohagakure no sato
Ninjas: 02
Sunagakure no sato
Ninjas: 02
Kirigakure no sato
Ninjas: 02
Kumogakure no sato
Ninjas: 01
Iwagakure no sato
Ninjas: 03
Otogakure no sato
Ninjas: 06

Compartilhe | 
 

 Cabana sussuro mortal (residência de Akuro Tetsukaze)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
GM.Tetsukaz3
Genin
Genin


Data de inscrição : 31/03/2017

MensagemAssunto: Cabana sussuro mortal (residência de Akuro Tetsukaze)   Dom Abr 16, 2017 2:44 am


Uma cabana de área quadrada com quatro metros de lado feita de madeira, sem janelas, com apenas uma porta pequena e possuidora de uma chaminé de pedras, o terreno ao redor é de areia avermelhada com alguns coqueiros lotados do fruto ao redor, quanto a cabana seu interior é puramente um solo de terra avermelhada com cheiro de cemitério e a lareira sem muito carvão.
A lareira frestas entre as pedras e no meio destas um conjunto de alavancas que pode ser movido por linhas de chakra sem derrubar a chaminé, ao se ativar as cinco alavancas um alçapão se abre na lareira dando vista a uma escada que leva ao subterrâneo.

Abaixo do chão a verdadeira “casa” se encontra, é um quarto sem luz natural com cheiro de mofo e algumas velas grandes que dão um cheiro de velharia ao local, um banheiro pequeno com uma banheira de pedra com água que brota ali naturalmente, uma cama de palha seca, o chão é todo da terra vermelha e há um certo cheiro de morte devido ao confinamento do ar ali que possui apenas algumas frestas para se ventilar.

Enterrados no chão desse quarto estão os animais de estimação de Akuro, centenas de besouros de chifre do gênero Coprophanaeus Lancifer, inofensivos besouros de cinco centímetros cada com um chifre e de coloração diversa que se alimentam de corpos já mortos.

Estes besouros são inofensivos e gostam de ficar próximos a humanos no local devido a temperatura de seus corpos, não fazem nada a ninguém, mas se jogar um cadáver na sala os besouros que ali vivem conseguem limpar a carcaça de uma vaca antes mesmo de seu cheiro começar a ser de podre e a limpeza é tão boa que só sobram ossos limpos.

O chão desse quarto é repleto de pequenos ossos de roedores já que os besouros não são presos ali, apenas tratados pelo dono da casa ali, então eles usam como seu ninho e trazem sempre carcaças que limpam e os ossos restantes cobrem o chão de terra. Os besouros normalmente ficam enterrados e escondidos, mas ao perceberem a chegada de Akuro, já imaginam que serão, alimentados e voam até o ninja fazendo um som que lembra o de abelhas, porém mais grave.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Tetsukaz3
Genin
Genin


Data de inscrição : 31/03/2017

MensagemAssunto: Re: Cabana sussuro mortal (residência de Akuro Tetsukaze)   Dom Abr 16, 2017 11:44 pm

O ninja de cabelos negros chegava a sua casa, ela ficava numa beirada isolada da vila e a terra ali exalava um cheiro de morte e água de coco… Talvez pelo fato de centenas de besouros comedores de carniça dividirem a cabana com o ninja e seu terreno ser rodeado por palmeiras repletas de coco.

O jovem atravessa seu jardim de areia vermelha com cheiro de cemitério e abria a porta de sua casa sem janelas, o cheiro de mofo e morte era muito forte lá dentro e fazia Akuro se sentir em casa, ele entrou e fechou a porta, seus dedos dançavam no ar enquanto com fios de chakra ele abria a passagem secreta para sua verdadeira casa. A chaminé estalava e a peça de pedra se movia permitindo que Akuro entrasse no buraco subterrâneo que ele chamava de lar, velas enormes iluminavam de forma sinistra o buraco cujo arejamento eram apenas frestas na chaminé, o cheiro de terra, podridão e parafina queimada era o que dava aquele cheiro enorme de cemitério ao terreno acima.

Com a chegada do dono da casa seus inquilinos logo se agitavam, dezenas de grandes besouros carniceiros voavam e pousavam sobre o casaco do ninja.

-Hehehe… Eu sei o que vocês querem… Olhem aqui…

O rapaz tirava a cabeça de macaco de seu cinto, cortava fora a bochecha direita dela e jogava o resto no chão, os besouros rapidamente se aglomeravam sobre a cabeça enquanto o ninja comia o bife de bochecha que ele cortou. Um som misto de asas de inseto batendo e carne sendo raspada do osso enchia o local enquanto o ninja se despia para entrar na sua banheira natural nas rochas no canto de seu buraco e uma vez nu ele entrava na água para se banhar.

Enquanto se banhava os besouros começavam a fazer barulhos mais estridentes por começarem uma briga.

-HEY… PSIU… já não disse para não ter briga? Olha que eu vou ai hein…

O ninja repreendia seus coleguinhas que ficavam em silêncio um pouco antes de voltarem a fazer apenas seu barulho de alimentação.

O ninja terminava seu banho e se vestia, pegava o pergaminho recém comprado e ia perto de sua mais nova criação, Byser, a marionete. O ninja abria o pergaminho ao lado da marionete e começava a fazer uma sequência de selos de mão. Após isso ele tocava o pergaminho e em uma explosão de fumaça a marionete sumia, estava selada agora naquele papel e alguns dizeres representativos da peça apareciam no rolo que era então fechado e guardado no cinto.

O ninja então se dirigia a sua cama de palha onde se deitava, bocejava e dormia, seu sono durava o tempo que seu corpo precisava e o ninja só acordava quando não se sentia mais cansado, agora os besouros não faziam mais barulho algum e o crânio de macaco estava reduzido a apenas o osso demonstrando que os pequenos haviam terminado sua refeição.
Akuro então pegava o crânio abria a saída de seu quarto e subia para a cabana, fechava tudo e saia, la fora ele pendurava o crânio na parede em um gancho de madeira.

-O primeiro da coleção rapazes, que venham mais...


O ninja então se dirigia aos coqueiros ao lado de sua propriedade e controlando uma kunai com seus fios de chakra cortava um coco que ele também pegava em seus fios para levá-lo a bater com força numa pedra para abrir o coco. Com o fruto aberto o ninja guardava tudo, bebia a água e comia o doce recheio do fruto, de barriga cheia e descansado o jovem saia para mais tarefas em sua vida ninja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Cabana sussuro mortal (residência de Akuro Tetsukaze)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Porta Retrato Dig - Medid. Pressão - Mortal Kombat 9
» Novidades sobre o mortal Kombat 10
» DEFCON 4: Equação mortal
» Cabana Subterrânea - Lobos Solitários
» Mortal Kombat - Chars

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Zona Residencial-
Ir para: